Resenha: O Caçador de pipas

Nome: O Caçador de pipas
Autor: Khaled Hosseini
Páginas: 365
Editora: Nova Fronteira

O livro conta a história da amizade entre Amir e Hassan, dois meninos quase da mesma idade, que vivem vidas muito diferentes no Afeganistão da década de 1970. Amir é rico e bem-nascido, um pouco covarde, e sempre em busca da aprovação de seu próprio pai. Hassan, que não sabe ler nem escrever, é conhecido por coragem e bondade. Os dois, no entanto, são loucos por histórias antigas de grandes guerreiros, filmes de caubói americanos e pipas. E é justamente durante um campeonato de pipas, no inverno de 1975, que Hassan dá a Amir a chance de ser um grande homem, mas ele não enxerga sua redenção. Após desperdiçar a última chance, Amir vai para os Estados Unidos, fugindo da invasão soviética ao Afeganistão, mas vinte anos depois Hassan e a pipa azul o fazem voltar à sua terra natal para acertar contas com o passado.



Eu tive a sorte de encontrar a edição antiga do Caçador de pipas em um sebo com um preço bem em conta e em seguida ele foi diretamente para minha estante à espera para ser lido, porém eu imperdoavelmente cometi o erro de fazê-lo esperar por um bom tempo devido à uma trilogia de livros que já estavam esperando na frente dele. Pois bem, depois de algumas decepções com essas trilogia eu resolvi dar um chance ao pobre coitado e ele se mostrou uma agradável surpresa, tomando lugar de imediato entre meus livros preferidos e  com certeza um dos melhores que eu tive a oportunidade de ler esse ano. Seu enredo e personagens me cativaram do início ao fim e posso afirmar com certeza que o Caçador de pipas é o tipo de livro que deveria ser lido e relido por todos. Por ele, eu o faria mil vezes.

A história do garoto Amir já começa de modo cativante e curioso. Cativante devido a escrita fluida e simples que não peca em falta de detalhes ou no excesso deles, introduzindo apenas o essencial à constituição do enredo; Curioso pois a história se passa em um país do qual muitos de nós não tem um conhecimento muito grande: O Afeganistão. Além do desenvolver do personagem principal, também vemos as mudanças do país em seus vários períodos até os dias atuais. A autenticidade que o autor consegue passar ao falar de seu país de origem é envolvente e consequentemente viciante, mostrando-se muitas vezes até surpreendente após certos fatos serem apresentados ao leitor no decorrer da obra, fazendo com que o local em que a maior parte do livro se passa seja praticamente vivo, desempenhando um papel de mesma importância que um personagem poderia ter.

      "...descobri que não é verdade o que dizem a respeito do passado,
     essa história de que podemos enterrá-lo.Porque,de um jeito ou
     de outro, ele sempre consegue escapar"

Porém os destaques não param por aí, além da ótima escrita, a obra também traz consigo um enredo emocionante, a complexidade genial de se contar a trajetória de um protagonista defeituoso, covarde e vulnerável às tentações da vida, e seu amigo que se mostra honrado e mais sábio do que o outro jamais foi, proporciona uma dinâmica impressionante em cada página, deixando o leitor ansioso para saber se o covarde Amir superará seus defeitos e se o horando Hassan também se mostrará falho assim como seu amigo. Dentro da história dos dois é sentida um ternura incrível, uma obra que conta mais do que apenas a trajetória de dois garotos afegãos: coloca em cheque o verdadeiro significado da palavra amizade e o poder que tal significado tem na vida de cada ser humano, desde o nascimento até próximo da morte. Todas as 365 páginas do livro nos deixam anestesiados e ao mesmo tempo alertas com tamanha diversidade de sentimentos que a obra nos faz sentir: revolta, indignação, raiva, sorrisos no canto da boca, lágrimas nos olhos e a incrível sensação de que há uma moral a ser absorvida de todos esses aspectos formam o delicado livro de estreia do autor Khaled Hosseini: O Caçador de Pipas.


            "Mas o tempo pode ser uma coisa bem voraz, às vezes se
                  apodera de todos os detalhes só para si mesmo."


Avaliação geral: 5/5


11 Comentários

11 Comentários:

  1. Oiee
    Ainda não li esse livro, mas já vi o filme. Nem sempre os dois são iguais, mas achei o filme meio parado, demorava muito pra acontecer alguma coisa, mas ainda assim é uma história muito bonita.
    MilkMilks
    DM
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Olá,olha eu não vi o filme ainda mas o livro, devido a ótima escrita, não deixa a história ficar parada nem chata em nenhum momento,mas já imagino como deve ser forte o filme por causa do enredo.

    ResponderExcluir
  3. Oie, tudo bem ?
    Então, eu já vi esse livro diversas vezes em livrarias, até sei que minha cunhada tem ele, mas nunca tive interesse de ler. Não sei nem como é a história direito. Mas eu não se seria um estilo de leitura para mim. Mas a maioria deve gostar...Mas gostei da sua resenha. muito boa. =]

    Outra coisa, depois você passa em meu blog que tem novidade por lá tá ? beijinhos e se cuida

    lovereadmybooks.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Minha mãe tem esse livro aqui em casa e é um dos preferidos dela. Eu tenho muita vontade de ler, parece ótimo e emocionante.
    boa semana
    ;*

    www.redbehavior.com

    ResponderExcluir
  5. Oii
    Eu tenho esse livro aqui mas nem li ainda..ganhei mas não me chamou mt atenção para lê-lo =S
    hahahaha nem tava sabendo que ia ter serie daquele livro =P sabe onde irá passar? eu sei que vai ter de Os Diarios de Carie no Boomerang ^^

    http://www.livroaoavesso.blogspot.com.br

    Bjs

    ResponderExcluir
  6. Esse é um livro lindo e sua resenha ficou ótima!
    Os quotes foram muito bem escolhidos. Seguindo aqui. Retribui?

    www.reticenciando.com

    Milhões de beijos

    ResponderExcluir
  7. Tenho esse livro na minha estante e nunca tive curiosidade para ler, não sei porque. :( Ah, tô seguindo o blog.

    Um beijo, Karine Braschi.
    Geek de Batom.

    ResponderExcluir
  8. Olá, tudo bem ? Passando aqui para te desejar uma feliz páscoa e também para pedir para que vá em meu blog, pois tá cheio de livros novos que podem te interessar. Espero sua opinião sincera. E continue postando suas resenhas, pois gosto muito de ler viu ?? beijinhos e se cuida

    lovereadmybooks.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Olá, eu gostaria de saber qual é o periodo literario, do livro o caçador de pipas, alguem poderia me responder???

    ResponderExcluir
  10. Já li esse livro, é simplesmente incrível! Foi para a lista dos meus livros favoritos juntamente com O Casamento de Nicholas Sparks. Esse livro nos mostra o quão grande é o significado da lealdade e amizade, uma forma de aprendizagem para todos nós. Recomendo para todas as pessoas que queiram ler um livro mais denso e bem estruturado. O livro é bem melhor que o filme, na realidade o filme peca muito em vários requisitos. Muitobom mesmo este livro, maravilhoso! Leiam e releiam essa emocionante história dos amigos Amir e Hassam. :)

    Ps.: estou em anônimo pois não tenho nenhuma dessas contas. Meu nome é Patrine Viana. ;)

    ResponderExcluir
  11. É um dos melhores livros que tenho em minha estante! Muito emocionante do começo ao fim, recomendo com toda certeza!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...